Uma ode a fajardice

Assis FreitasBy Assis Freitas 2 anos agoNo Comments
Home  /  Assis Freitas  /  Uma ode a fajardice

 

fa518dc5dc95f203299a058sp1_large_21

 
eu vou ao novo rastejante
que de verdade nada novo há
alguns trocadilhos e eis o ovo
como queria colombo: de pé
o mundo é mesmo escombro
dou-me murros, muro e ombro
qualquer trambolho, mondrongo
a liturgia do aparente: bingo
ô menina acertei no milhar
que se lixe o mundo, que lixo há

 

 

.

Category:
  Assis Freitas
Assis Freitas

Assis Freitas é poeta, escritor, sociólogo e mestre em Letras (UFBA). Nasceu e mora na cidade de Feira de Santana - Bahia. Publicou os livros de contos “O Mapa da Cidade” (1998) e “O Ulisses no supermercado” (2009). Participou da Antologia do concurso nacional de contos Newton Sampaio (2005). Como poeta, participou de diversos números da Revista Hera (1972-2005), possui poemas na agenda Livro da Tribo (2011-2012). Publica em dois blogs de poesia: o “Mil e um poemas” e o “Árvore da Poesia”.