Sem moda, sem medo

zionBy admin 2 anos agoNo Comments
Home  /  Verso Aberto  /  Sem moda, sem medo

fabio-brazza-rapper-e-poeta-paulistano-1415136955889_300x300

 

Fábio Brazza é o convidado do Verso Aberto esta semana. Neto de Ronaldo Azeredo, um dos maiores expoentes da poesia concreta, mergulha no samba e no rap pra investigar o Brasil de hoje. Sua revolta nos resgata. Sua transgressão é a reintrodução do humano entre os homens, da poesia entre as palavras do cotidiano.

 

 

 

 

 

 

Do conhecimento provo, não me privo
Me torno mais livre a cada livro, me livro
Do pensamento mais fútil, da cultura inútil
Que não passa pelo crivo
.
Por isso escrevo que e pra não ser escravo
Por isso degusto augusto e desbravo Olavo Bilac
Sente o baque, viola, tabaque, homem, moleque
samba e rap, cartola e 2pac
.
Busco o novo em meio a névoa da banalidade
Tenho a meu favor a curiosidade
Na poesia encontro idéias novas
Das trevas as trovas, antes preso hoje prosas
.
Leio pra não ficar alheio ao mundo que nos rodeia
Pra não cair na teia da retórica, herança histórica
Muito usada hoje em dia por quem detém o poder
Nessa desleal democracia
.
Por discordar desse estado e que eu estudo
Por discordar desse modo e que eu mudo
Ao gosto de augusto de campos, Ronaldo Azeredo
Sem média, sem mídia, sem moda, sem medo

 

 

 

 

Category:
  Verso Aberto