Reminiscências

Marcelo AdifaBy Marcelo Adifa 1 ano agoNo Comments
Home  /  Marcelo Adifa  /  Reminiscências
50cc90fc2a0131685698928b7a267161

2a6ddb2f-c69e-472d-9ef0-e837f2ac7305

 

Da entrada,

braços esticados

Concreto em choque

Distante, meu mundo

o espaço por si finito

tudo parece menor

 

a casa não cabe nos sonhos

o corpo não faz parte da sala

de estar, companhia presente

a carne maior que as paredes

 

visto o que me conforta, permite

movimentar os membros, andar

quase corro anos, luzes apagadas

a memória é um cálice vazio

 

maior que eu

               o desconforto

residir num quarto, ínfimo o estar

sufocantes as paredes, o porta-retratos

é preciso romper

 

expelir na urina a lembrança

só cresce quem esquece a ferida

ainda que aberta à mercê do tempo

pois cura, ou infecciona

 

casa nova, necessário o homem ocupar

quartos e arestas, o jantar dos vermes

sorver o futuro, pois atrás é quem fica

da vida o que nada mais há

 

 

Category:
  Marcelo Adifa
Marcelo Adifa

Marcelo Adifa nasceu em Sorocaba, interior paulista, em 1979. Como engenheiro é especialista em gestão de processos e segurança do trabalho, além de ser dos autores mais publicados no Brasil em sua área de atuação. Paralelamente à carreira de engenheiro, é letrista e músico parceiro de diversos ícones da MPB e também poeta e romancista. Foi ganhador do Mapa Cultural Paulista, um dos principais prêmios artísticos do Brasil, em três ocasiões, um em literatura e duas em música. Publicou em 2015 o livro de poemas “Exílio”.