pássaro

Wilson NaniniBy Wilson 2 anos agoNo Comments
Home  /  Wilson Nanini  /  pássaro

 

 

 

eu era um pássaro muito

pouco

para em céu tanto exercer

meu poder de voo

e meu dever de canto

 

havia a premissa do raso

e minhas ineptas asas poderiam

não me conferir suficiente fôlego

para transpor o automuro interno

 

meu canto mais amplo ainda me é puro

instrumental silêncio

 

– o que agora me faz um poeta muito

tolo

para em tanto deserto/brejo ou céu avesso exercer

meu poder de gozo

e meu dever de fogo

 

 

 

Category:
  Wilson Nanini
Wilson Nanini

Wilson Nanini é poeta de Poços de Caldas, Minas Gerais. Mora em Botelhos, Sul de Minas. É autor do livro “Alcateia” e participou da Poemantologia da Revista “Arraiá Pajeú BR”. Edita também o blog “Quebrantos, relances e abismos ao relento”.