O cajado do sol

Marcos PizanoBy Marcos Pizano 2 anos agoNo Comments
Home  /  Marcos Pizano  /  O cajado do sol

 

2712160378_0bf278253f_b

 

 

 

o eixo do sol corta ribeirão 

é arma 

tem mira 

cai como espada de fogo na água 

 

irradia e funde tudo à única fagulha 

evaporando suores 

cremando poros 

carcomendo  entranha em gusa 

 

na cratera 

o leito ribeiro abre-se feito cova 

o cajado faz-se fluida lava 

 

o braço em brasa é vento

a boca é denso céu na fiúsa

véu envolto em poeira campal

– hálito que enxofra a atmosfera

 

todo dia

este deus infernal

abre os olhos

e a todos

incinera

 

 

 

.

Category:
  Marcos Pizano
Marcos Pizano

Marcos Pizano é jornalista e poeta de Timóteo, Minas Gerais. Parcipou do Movimento Poético de Governador Valadares, onde foi editor de Cultura do Diário do Rio Doce e ajudou a editar o folhetim “Varal”. Mora em Ribeirão Preto / SP, e é editor executivo da EPTV, emissora afiliada à Rede Globo. Edita o blog “Verso Aberto”.