desistória

Marcos PizanoBy Marcos Pizano 3 meses agoNo Comments
Home  /  Marcos Pizano  /  desistória

 

na vinha da memória

há uma minas só minha

 

prumo de chaminé

alarido de manada

montes de enxofre

lingote crivado no peito

 

a minas que convinha

à fornalha em que me defumo

à acidez da saliva que putrefaz a palavra

para nunca matar a sede

 

poluiremos juntos o humo

 

mas jamais pendurarei esta memória na parede

 

 

.

Category:
  Marcos Pizano
Marcos Pizano

Marcos Pizano é jornalista e poeta de Timóteo, Minas Gerais. Parcipou do Movimento Poético de Governador Valadares, onde foi editor de Cultura do Diário do Rio Doce e ajudou a editar o folhetim “Varal”. Mora em Ribeirão Preto / SP, e é editor executivo da EPTV, emissora afiliada à Rede Globo. Edita o blog “Verso Aberto”.