Canção para desinventos de um mandraque

Assis FreitasBy Assis Freitas 3 anos agoNo Comments
Home  /  Assis Freitas  /  Canção para desinventos de um mandraque

abstract-blue-man-nature-photography-Favim.com-156907

 

.
eu me desisto 
eu me emburreço 
eu me não entendo 

.
eu me naufrágio 
eu me escória 
eu me não mato 

eu me suspeito 
eu me estrangeiro 
eu me não daqui 

.
eu me tão torto 
eu me sarcasmo 
eu me não tolero 

.
eu me solitário 
eu me bandoleiro 
eu me não otário 

.
eu me linguagem 
eu me orgasmo 
eu me não verbo 

 

 

 

Category:
  Assis Freitas
Assis Freitas

Assis Freitas é poeta, escritor, sociólogo e mestre em Letras (UFBA). Nasceu e mora na cidade de Feira de Santana - Bahia. Publicou os livros de contos “O Mapa da Cidade” (1998) e “O Ulisses no supermercado” (2009). Participou da Antologia do concurso nacional de contos Newton Sampaio (2005). Como poeta, participou de diversos números da Revista Hera (1972-2005), possui poemas na agenda Livro da Tribo (2011-2012). Publica em dois blogs de poesia: o “Mil e um poemas” e o “Árvore da Poesia”.