Análise poética

Matheus ArcaroBy Matheus Arcaro 5 meses agoNo Comments
Home  /  Matheus Arcaro  /  Análise poética
analise-poetica
Análise-poética

Poema inédito que estará no próximo livro “um clitóris encostado na eternidade”, que sai em setembro pela Editora Patuá.

Na visita ao analista, 

a poesia reclamou dos amantes, 

do arco-íris, 

das íris coloridas, 

dos céus estrelados, 

dos lados luminosos, 

dos postais, pontes e poentes.

 

À mostra com os dentes, 

estava decidida a lançar um olhar 

alijado de flores e frases feitas.

 

Agora, quer rastejar pela lama, 

trocar a dama pela puta. O amor pela secreção.

– Mais genitália e menos coração, senhores! 

 

Pretende enfiar o sol no bueiro, 

arrancar os testículos do absoluto

e esfregar o cu na cara do sossego.

 

Sim, ela precisa espedaçar a esperança.

E, na dança, descalça, rodar pela praça 

sem seguir receitas ou procurar piedades.

 

Vai, então, poesia!

Crava a língua na carne crua do presente.

Sobe a saia, goza com o sublime 

e arremessa a eternidade na sarjeta. 

 

Category:
  Matheus Arcaro
Matheus Arcaro
Sobre

 Matheus Arcaro

  (3 poemas no Verso Aberto)

Matheus Arcaro é mestrando em filosofia contemporânea pela UNICAMP. Pós-graduado em História da Arte. Graduado em Filosofia e também em Comunicação Social. É professor, palestrante, artista plástico e escritor, autor do romance O lado imóvel do tempo (Patuá, 2016) e do livro de contos Violeta velha e outras flores (Patuá, 2014).